Odontopediatria – Sua Importância Desde a Barriga da Mamãe

publicidade

Orientações quanto à saúde bucal durante o período gestacional são de extrema importância, visto que, durante a gravidez, as mulheres estão ávidas a receber novos conhecimentos e receptivas às mudanças de determinados padrões que possam ter consequências positivas sobre a saúde do bebê.

 

Dessa forma, a gravidez é uma época oportuna para desmistificar algumas crenças e preocupações sobre o tratamento odontológico, informar sobre a importância do controle do biofilme dentário e de uma dieta adequada, conscientizar sobre as possíveis alterações bucais que possam ocorrer durante a gestação e o que pode ser feito para preveni-las. 

É imperioso que a relação do trinômio médico/dentista/ paciente redefina os padrões de atendimento em um contato preventivo amplo, com vistas à promoção da saúde. Para tanto, deve-se estabelecer o intercâmbio de informações, buscando desenvolver um atendimento de qualidade à gestante e ao bebê.

A Odontologia para bebês resultou, oficialmente, de uma tendência mundial de atenção odontológica para criança de baixa idade (bebês) com o estabelecimento de programas de educação, medidas preventivas e de controle de cárie, atenção primária e tratamentos curativos específicos.

Já na primeira infância existe a necessidade de educação e conscientização dos pais sobre a saúde bucal de seus filhos, em razão da enorme influência que a família exerce na definição dos hábitos dietéticos e de higiene bucal da criança, também a importância dos professores de pré-escola como importantes auxiliares nos métodos de prevenção e após receberem orientações, promoverem a educação dos pais para a saúde bucal dos seus filhos.

Atendimento odontológico precoce e prevenção de cárie são fatores importantes para evitar o medo das crianças ao dentista.

Fontes:

http://scielo.iec.gov.br/

http://www.fo.usp.br/

http://repositorio.ufpel.edu.br/

publicidade
publicidade
publicidade