O que fazer para acabar com os piolhos e lêndeas?

Quem já pegou piolho sabe o transtorno que ele causa. Além da coceira ainda há o possível constrangimento, seja para a criança ou até mesmo para os pais que são acusados de falta de higiene.

publicidade

O coça-coça na cabeça do seu filho pode ter uma causa: os piolhos. O surgimento dos piolhos não tem relação com a classe social ou o local onde a criança mora. Eles adoram permanecer no couro cabeludo do homem desde os tempos mais remotos.

Os piolhos são insetos parasitários e adaptados a se hospedarem no ser humano. Possuem seis patas e vivem de sangue. A instalação do estranho serzinho se dá ao compartilharmos objetos ligados aos fios de cabelo, como chapéus e pentes ou pelo contato direto com cabeças infectadas. A afirmação de que a falta de higiene proporciona a vinda do inseto é um mito. No máximo pode-se considerar uma negligência dos pais quando nenhuma providência é tomada para acabar com a infestação.

Cabeça com piolhos e lêndeas sendo observados através de uma lupa - Foto: Lightspring/Shutterstock.com

Os ovinhos, chamados de lêndeas, são depositados pela fêmea do piolho durante todos os dias. Eles são esbranquiçados e colocados no fio do cabelo.

Para diagnosticar a infestação o ideal é utilizar uma lente de aumento. O ato não causa problemas graves, mas o incomodo é enorme. A criança pode ficar sem sono e apresentar irritações secundárias na pele, principalmente no couro cabeludo e em casos de cabelos compridos até no pescoço e ombros.

Utilize produtos atóxicos e procure um médico (não utilize nenhum tipo inseticida). Geralmente é preciso utilizar um xampu específico para o combate aos piolhos durante quinze dias. Os insetos podem ser retirados com o auxílio de um pente fino.

A manifestação costuma ocorrer em épocas mais quentes. Neste período, se seus filhos usam cabelos compridos, instrua-os a ficar com os cabelos presos. Seguir todos os cuidados é bastante simples e evitará um grande problema!

publicidade
publicidade
publicidade