Bebês e Crianças em Casa - Brincadeiras e Atividades

publicidade
Para ajudar nessa missão de brincar com as crianças nesse momento de reclusao, vamos dar algumas dicas de atividades para distrair as crianças nesse momento de pandemia.


Bebês a partir 05 meses a 12 anos

Bebês e Crianças em Casa - Brincadeiras e Atividades

A interação entre mamãe e bebê tem muito com caretas, bocas, mãos, cantar, bater palmas, segue algumas dicas :
  • Brinque com ele fazendo caretas, abra bem a boca, coloque a língua pra fora, faça bicos e emita sons parecidos com os que ele faz para que ele possa imitar. Coloque músicas variadas para tocar e cante junto com ele, bata palmas e veja a sua reação.
  • Com seis meses o bebê usa as mãos para descobrir o mundo. Quer pegar, alcançar, amassar, apertar. Bate com os objetos no chão e na beira da cama para fazer barulho e começa a se interessar realmente pelos seus brinquedos, tente tirar os brinquedos e verá já a reação para segurar, balança o corpo, grita, ri.
  • As brincadeiras que divertem aos 7 meses são as mais animadas, como aquela em que colocamos a criança sentada nos joelhos e fazemos como se ela estivesse andando de cavalinho. A criança ri alto com a brincadeira, gosta da sensação, fica excitada e pede mais quando paramos, se balançando e jogando o corpo para trás.
  • Cadê a mamãe? Achou!”. O bebê de 8 meses adora essa brincadeira em que a mãe se esconde atrás de uma fralda e ele tem que tirar o pano do rosto para achá-la. Brinquedos para martelar, empilhar e desmontar podem distrair a criança durante certo tempo.
  • Aos 9 meses os livrinhos de cores fortes são um ótimo estímulo para o bebê, os bebês adoram e podem aprender muito com eles. Ensine a criança a usar corretamente seus brinquedos, mostrando como fazer, guiando suas mãozinhas, ajudando e aplaudindo quando ela acerta.
  • Os 10 meses coloque em sua mãozinha objetos diferentes para serem manuseados, com texturas, formas, pesos e tamanhos diversos. Ofereça brinquedos de encaixe, conte histórias curtas e mostre figuras de livros infantis.
  • Os 11 meses bebê de 11 meses começa a apreciar livros com ilustrações de objetos familiares como cachorrinhos, bolas, colheres. Esse é o momento de estimular a fala, toque cantigas de roda e cante para ela, brinque com a criança de colocar e tirar objetos de uma caixa e veja como ele participa e se diverte.
  • Aos 12 meses as descobertas são muito importantes para o desenvolvimento da criança. Deixe-a abrir os embrulhos dos presentes que ganhar. Apenas dê uma ajudinha. Esconda os brinquedos e ajude-a a procurar. Com 1 ano a criança vira uma esponjinha e imita tudo o que observa


Crianças de 1 a 2 anos

Socialmente a criança já conseguem interagir com adultos ou outras crianças, repetindo gestos ou atitudes que provocaram risadas. Os brinquedos devem bem coloridos, leves e com várias texturas, bonecas de tecidos, bichos de pelúcia, precisam ser bem costurados. Também nessa idade eles gostam de livros com ilustrações e objetos familiares bola, cachorro, gato e brinquedos de montar e desmontar.


Crianças de 3 anos

Consegue comunicar-se com perfeição. Sua coordenação fina está mais segura. É nesta fase que a lateralidade (destra ou canhota) normalmente se define. Ela precisa de outras atividades, normalmente externas, mas em tempo de quarentena não será possível precisarão de outros tipos de brinquedos como: Cubos com tamanhos decrescentes e que encaixam-se um dentro do outro, para serem empilhados, massa de modelar, instrumentos musicais, bonecos com personagens.


Crianças de 4 anos

Crianças de 4 anos
Agora, a criança apresenta maior coordenação global e consequentemente coordenação fina. Começa a se interessar por brincadeiras coletivas e demonstra maior equilíbrio. Precisamos ocupar já brincadeiras externas estão proibidas. Várias atividades poderão ser feitas pela criança e a mãe como: Trabalhos manuais bordados, pinturas, cortar e colar, alguma ajuda na cozinha fazer atividades que não use fogo.

 

Crianças de 5 anos

Crianças de 5 anos
Ela já tem destreza e motricidade definidas. Descobre a satisfação em tentar resultados diferentes e conseguir realizar trabalhos esteticamente bonitos. A gama de opções cresce bastante. Nesse momento ela já passa a ser mais companheira da mãe, conversando, na cozinha, fazendo ginástica, dançando, como também pintura, leitura.


Crianças de 6 anos

Crianças de 6 anos
Aos 6 anos ela se torna mais independente realizando tarefas sozinhas, como sua higiene pessoal, a arrumar seu quarto, seus brinquedos e livros, manter um horário para estudar, brincar, ver tv, jogar vídeo game além de tudo um fiscal do tempo da mamãe. Ele não deixará de cobrar a mamãe um tempo juntos, para fazer um lanchinho, comer pipoca enquanto assistem um filme, ou seja, tempo só dele e da mamãe.
publicidade
publicidade
publicidade